Início » Monitor cardíaco

Arquivo da categoria: Monitor cardíaco

Anúncios

Balanço de 2017

     Este vídeo mostra algumas fotos do ano e outras da São Silvestre de 2016.     

Este slideshow necessita de JavaScript.

     Foram 1900 km ao longo do ano (o número até impressiona, mas foram 215 dias de treino, ou seja, uma média de 8,8 km por dia de treino). Para atingir essa marca (?) fiz corridas no parque, corridas em esteira, caminhadas pelo parque, pedal em ergométrica e pedal pelas ciclovias e ciclofaixas da cidade (até usei a bike do Bike Sampa). Tudo isso com sol, chuva, frio ou calor lá estava eu com disciplina, persistência e comprometimento. Foram 35 horas de musculação ao longo do ano. Também aqui teve um aumento significativo por conta de recomendação da nutricionista, para reduzir a perda muscular (conhecida como Sarcopenia) que é bastante comum na minha faixa de idade.

     Neste ano, pedalei mais com intenções de reduzir o impacto da corrida e também para treinos de recuperação. Conforme estatísticas do ano de 2016 no site do Endomondo, cheguei a 582 km de pedal. E neste ano de 2017, foram quase 1050 km só de pedal. 

     E para dar suporte e deixar o histórico de tudo isso, usei vários aplicativos durante todos os treinos. Foram o Endomondo, o Runtastic, o Strava, o Polar Beat, e o Sports Tracker. Alguns foram para testar mesmo e outros para acompanhar o desempenho de cada treino. Vale ressaltar o motivo maior para usar vários aplicativos. Usava desde 2013 somente o Endomondo, porém o site teve algum problema que removeu todos os treinos em Junho último. Mesmo que tenham recuperado o histórico depois de reclamar por várias vezes, deixei de usar com regularidade. Hoje só uso mais para monitorar o treino e vez ou outra faço upload para o site. Isso também com os demais aplicativos. Diante disso, faço anotações de todos os treinos em um caderno (mais seguro, apesar de controle manual) e procuro ter uma visão semanal de todos eles. Com os sites, fica mais fácil você ter a visão semanal, mensal e anual, apenas com um click.

     Uma outra coisa importante que quero destacar é que ao longo do ano passei por consultas com a cardiologista e com a nutricionista. Isso para que os treinos fossem adequados conforme minhas condições físicas e alimentação adequada para os pré e os pós treinos.

     E você que está lendo este post, como foi seu ano ? Deixe aqui um comentário ou um depoimento. Quem sabe poderá fazer parte de uma nova coluna “Como são meus treinos” aqui no blog ?

Fontes: Strava, Endomondo, Sports Tracker, Polar Beat, Runtastic.

Fotos de Wilson Takeo

Anúncios

32 km !!!

     De bike neste domingo (01 de Outubro). O percurso que fiz foi, pela ciclovia da Paulista (até a Brigadeiro), da Vergueiro, da Joaquim Távora, parte da pista da Grade do Ibirapuera, da República do Líbano, da Hélio Pellegrino, e várias ciclofaixas da Vila Olímpia (Olimpíadas, Gomes de Carvalho, Funchal e Henrique Chamma) até chegar ao Parque do Povo. 

image001.png

     E o traçado do Parque do Povo, conforme o Endomondo.

image001.png

     Conforme o Cateye Velo 9 (Cyclocomputer), ficou assim o pedal:

                   Duração de 2 hs e 40 minutos,

                   Queima de 1520 kcal,

                   Velocidade média de 13,6 km/h,

                  Velocidade máxima de 42 km/h, e

                  Redução de CO2 = 4,9 kg

                             (deixei de emitir se fosse de carro).

Fontes: Google Maps, Endomondo e Cateye Velo 9.

  

Resumo das atividades de Julho

     Conforme o Endomondo, minhas atividades vem evoluindo com menos caminhada e mais corrida e pedalada. Uma coisa importante é que a caminhada fará parte também dos treinos, principalmente após uma corrida como treino regenerativo. 

     Por atividade, as distancias e tempos apontados, conforme o Cateye9, foram:

                     –  Caminhadas – 12 km em 2,5 horas,

                      –  Corridas – 52 km em 8 horas,

                      –  Musculação – 2 horas e

                      –  Pedaladas – 46 km em 7 horas.  

 

image001

image003

 

Experimentando novos aplicativos nos treinos

Com a intenção de buscar novos aplicativos para os treinos, estou começando a testar o aplicativo “Runtastic Road Bike” para pedalar. No treino de hoje (19/07) pedalei 6,1 km durante 33 minutos para ir ao Ibirapuera. Estes dados foram apontados pelo Polar FT7. O Runtastic apontou 5,6 km em 33 minutos e 45 segundos. A diferença tem a ver com a qualidade do sinal da internet 3G. Já em relação as calorias, enquanto o Polar apontava 303 kcal consumidas, o Runtastic apontou apenas 44 kcal.

Runtastic Road Bike

Runtastic Road Bike

E para medir a corrida de 5 km pela pista de Cooper, tentei usar o aplicativo “Strava“, mas o sinal é tão ruim no parque que o smartphone ficava procurando o GPS e o aplicativo não permitia iniciar o treino. Resolvi então usar o Runtastic Road Bike, apesar de ser voltado para bike. Planejei o treino de apenas 5 km. Após correr por 39 minutos cheguei a concluir os 5 km e o Runtastic apontou apenas 3,89 km e o tempo de 39 minutos e 11 segundos. Foram 435 kcal apontados pelo Polar e apenas 20 kcal pelo Runtastic !

Strava

Strava

Ainda vou usar o Strava para as corridas, e postarei em breve.

 

Sobre o monitor cardíaco FT7

Visão geral 

 

 DSC_2892  DSC_2893

    

É um monitor cardíaco que atende a quem quer registrar apenas a duração, as calorias consumidas, a frequência cardíaca, e o efeito que é o registro se o treino está em Queima de gorduras ou em Fitness.  Como não tem GPS, o atleta não terá os dados de localização como existem nos aplicativos para smartphones. Para se usar o monitor, o atleta deve inserir alguns dados como peso e altura que são usados no cálculo das calorias queimadas.

Veja na foto abaixo como usar os botões (dois a esquerda e três a direita).

DSC_2894

 

      – Para sair de qualquer opção, aperte o botão inferior esquerdo,

      – Para entrar na opção desejada, aperte o botão do meio,

      – Para avançar as opções existentes, aperte o botão superior direito,

      – Para voltar a uma opção anterior, aperte o botão inferior direito, e

      – Para iluminar o visor, aperte o botão superior esquerdo. 

Existem apenas duas opções no menu. Aperte o botão superior direito e veja Dados e Definições. Para entrar em uma delas, aperte o botão do meio.

DSC_2895_1   DSC_2896_1

 

Dados – opções apresentadas (apertando o botão superior direito):

      – Ficheiros de treino – mostra todos os treinos realizados por data e hora, duração, calorias consumidas, tempo de queima de gordura, tempo de fitness, média de BPM, e máxima de BPM. 

      – Reiniciar totais,

      – Reiniciar totais semanais,

      – Eliminar ficheiros,

      – Totais desde 99.99.9999 (data de início de uso), e 

      – Resumos semanais.

DSC_2897_1 DSC_2898_1 DSC_2899 DSC_2900 DSC_2901 DSC_2902

 

Definições – opções existentes:

      – Relógio, hora e data, 

      – Definições gerais – sons, idioma (português, italiano, francês, espanhol, inglês, alemão, etc), dia de início da semana, e unidades,

      – Definições utilizador – peso, frequência cardíaca máxima, sexo, data de nascimento, e altura, e

      – Definições de treino – sons, limite superior FC, Heart touch, e Vista freq. cardíaca.

DSC_2903 DSC_2904 DSC_2905 DSC_2905 DSC_2906 DSC_2907 DSC_2908 DSC_2909 DSC_2910 DSC_2911 DSC_2912 DSC_2913 DSC_2914 DSC_2915 DSC_2916 DSC_2917 DSC_2918 DSC_2919

Como usar no treino.

Iniciar o treino – depois de colocar a cinta (recomenda-se umedecer para melhorar a captura) juntamente com o sensor, aperte o botão do meio e verá “início” e depois de alguns segundos os BPM. Depois de mostrar os BPM, aperte novamente o mesmo botão para iniciar o treino. A partir daí, durante todo o treino você poderá ver a duração / hora, calorias consumidas, frequência cardíaca, e o efeito. Use os botões inferior e superior direitos.  

DSC_2920_1 DSC_2921_1 DSC_2922_1 DSC_2923_1 DSC_2924_1 DSC_2925_1 DSC_2926

Parar o treino – aperte duas vezes o botão inferior esquerdo. Caso queira, dar uma pausa no treino, aperte apenas uma vez o botão. Para continuar o treino, aperte o botão do meio.

Cuidados com a cinta.

Importante falar sobre a cinta pois a reposição pesa no bolso do consumidor. Vale lembrar que: 

       – antes de usar, umedeça-a e coloque na altura do peito,   

       – após o treino, retire o sensor da cinta,

       – lave e seque a cinta, e

       – nunca dobre a cinta pois poderá afetar a fiação interior, prejudicando a captura e envio dos sinais para o sensor. 

Fontes: Polar e Treine Certo

Fotos: Wilson Takeo