Bora Corrê!

Início » 2017 » julho

Arquivo mensal: julho 2017

Comparativo entre Strava e Endomondo

     Diante de tantos aplicativos existentes, a idéia é mostrar e facilitar na escolha do aplicativo para monitorar seus treinos e/ou atividades físicas.

     Vinha utilizando o Endomondo desde 2013, quando em Maio último, percebi que os treinos desde que comecei tinham sido removidos e isso me fez mudar para o Strava. Vale destacar que as versões utilizadas foram as gratuitas existentes na Play Store. 

Strava

DSC_9633

Strava iniciando um treino

     Para o treino, não precisa de conexão com a Internet. 

     O GPS é ativado automaticamente.

     Permite monitorar apenas corrida ou pedalada, mas no site, permite trocar por uma descrição mais adequada, como caminhada, crossfit, treinamento com peso e até ioga. Existe uma lista bastante abrangente.

     Ao parar o treino, o próprio faz a pausa e retoma automaticamente.

     Permite remover o treino.

     Após o treino, oferece o traçado do percurso, a distancia, o ritmo médio, o tempo gasto, o ganho de elevação, as calorias gastas, compara o treino com os anteriores, mostra a estatística a cada km do ritmo e da elevação. Permite compartilhar com as redes sociais. 

     Para sincronizar os dados do treino com o site precisa de conexão com a Internet.

     O site apresenta os seguintes dados: melhores resultados, o tenis usado no treino (previamente cadastrado), mostra o ritmo em qualquer ponto do percurso, mostra o controle de treinamento que é um resumo dos treinos da semana. Se o treino foi uma pedalada, permite que aponte a bike utilizada (previamente cadastrada). Oferece também, gráficos para análise de seu treino. Confira ! 

DSC_9635

Strava mostrando como foi o treino

 Endomondo

DSC_9622

Endomondo pronto para iniciar um treino

   Para o treino não precisa de conexão com a Internet.

   O GPS é ativado automaticamente.

   Permite descartar ou retomar o treino.

   Permite monitorar todos os esportes que se imagina, até esgrima, caminhada no gelo, mergulho, parapente, etc.

   Permite compartilhar o treino com as redes sociais.

   Durante o treino, dá avisos de distancia e ritmo a cada km percorrido, além de avisar a falta e a recuperação de sinal do GPS.

   Após o treino, oferece o traçado do percurso, a duração, a distancia, os ritmos médio e máximo, as velocidades média e máxima, as calorias queimadas, a hidratação, as altitudes mínima e máxima, o aclive e o declive, uma estatística de tempo e do ritmo a cada km percorrido.

     Permite adicionar foto, compartilhar com as redes sociais, incluir um comentário pessoal. E para concluir, mostra a avaliação do treino com os anteriores.

     O site apresenta os seguintes dados: mostra todos os treinos realizados no mes, permite editar cada um dos treinos, permite anexar fotos ao treino, permite remover o treino da planilha, oferece estatísticas de distancia, tempo e calorias gastas.

     Além disso, o site mostra gráficos de ritmo x tempo ou distancia e também permite que voce cadastre suas rotas. Existem outras funções que poderão ser exploradas no site, mas o básico está aqui descrito da forma mais clara e sucinta possível.

DSC_9631

Endomondo mostrando o traçado do percurso apos o treino

     Num futuro próximo, usarei as versões premium desses aplicativos. Aguardem.

Fontes: Strava e Endomondo.

Pedal revisitando o Centro Histórico de São Paulo

     Foi no último sábado (08/07) que resolvi fazer um percurso diferente e fui pro lado do Centro da cidade. O pedal foi de 20,7 km, e todo o percurso foi monitorado pelo Strava. Vejam o percurso.

image001

image001   

       Usei as ciclovias da rua Vergueiro, av. Paulista, rua da Consolação, rua 7 de Abril e Viaduto do Chá. Só para se ter uma idéia, passei em frente do prédio da Gazeta, do Masp, do Conjunto Nacional, do Cine Belas Artes, da Biblioteca Mário de Andrade, do Teatro Municipal, do Viaduto do Chá, do Shopping Light, do CCBB, do Pátio do Colégio, e do Tribunal de Justiça. Sem falar que passei pelas praças Roosevelt, Patriarca, Clóvis, e João Mendes. Depois do centro, fui em direção a Aclimação e não usei nenhuma ciclovia, já que não existe. No caminho, passei ao lado do Parque da Aclimação.    

      Além de melhorar e integrar as ciclovias existentes, uma outra coisa que falta nesta cidade são os bicicletários. Por exemplo, o Café do Pátio do Colégio não tem.

Fonte: https://strava.com

Traçado de 1 km da pista de Cooper do Parque da Independência

     O percurso que tem 1 km na pista de Cooper do Parque da Independencia é este, conforme o Strava.

image001      

ou

image001.png

     Foi diante de um comentário feito pela Flávia Costa em 17/10/2016 que resolvi confirmar o percurso de 1 km neste parque que é bastante agradável, oferecendo pistas variadas entre terra, asfalto e calçada. Lembrando que o parque fica aberto das 5 da manhã até as 8 da noite.

     Para isso, usei os aplicativos Strava e Endomondo. Na primeira volta que foi a maior, usei o Strava que apontou 1,3 km e na 2a volta, usei o Endomondo que apontou 1,3 km, também. Vejam o percurso que fiz.

 image001.png

 ou

image001

    E na 3a volta, fiz um traçado menor e cheguei no 1 km conforme as duas primeiras figuras acima. Agradeço a Flávia Costa pela contribuição.

Fonte: https://www.strava.com

 

Strava

     No treino de hoje na pista de Cooper do Ibirapuera foi um intervalado de 8 km. Nos primeiros 1500 metros, fiz 100 m por 200 m, nos 1500 seguintes, fiz 100 m por 300 m e nos demais 5000 metros, fiz 50 m por 50 m. Conforme as marcações a cada 100 metros da pista, fiz 8,0 km, mas o aplicativo apontou 7,2 km, erro de 10% o que é satisfatório.

Fonte: site https://www.strava.com/dashboard